11 maio, 2010

9 de Maio | Dia da Europa

A Biblioteca colaborou na evocação do Dia da Europa e em articulação com o Departamento de Línguas e com o Departamento de Ciências Sociais e Humanas, sugeriu obras de escritores clássicos europeus, expondo as suas biografias e fazendo uma amostra das obras que fazem parte do seu fundo documental. Collodi, Júlio Verne, Charles Dickens, Andersen, Irmãos Grimm, Eça de Queirós, Homero, Selma Lagerlöf, Hergé e Daniel Defoe foram os autores seleccionados. Itália, França, Inglaterra, Dinamarca, Alemanha, Portugal, Grécia, Suécia, Bélgica, os seus países de origem. As obras… por demais conhecidas, estão lá, na Biblioteca, para serem lidas e amadas, pois um “clássico” é um “Deus” que nos transporta até ao Paraíso e assim sendo, transformou-se num imortal.

Ainda…

Colaboração no mural de postais ilustrados, representativos de lugares/cidades/monumentos/povos diversos da Europa legendados em Inglês (7º B).

Dinamização do Quiz interactivo sobre a realidade/ curiosidades da União Europeia (Professoras de Inglês do 2º ciclo).

Projecção de uma colectânea de powerpoints alusivos a uma grande diversidade de lugares dos países membros (Prof Cristina Seiça).

O Mito de Europa

Europa, a “Bela”, princesa cobiçada pelos deuses do Olimpo, que a tentaram raptar, sem o conseguirem.

Europa, por quem Zeus se apaixonou, ao vê-la brincar nas areias da praia de Sidon.

Europa, iludida, ao acariciar a cabeça do touro branco em que Zeus se transformou.

Europa, raptada, sobre o dorso do touro-deus, a sulcar o mar em direcção a Creta.

Europa, mãe de três filhos de Zeus, unida ao Deus supremo, na fonte de Gortina.
E desde esse dia os plátanos nunca mais perderam as suas folhas de Inverno…

Europa, recompensada por Zeus, de quem recebe Talo, o autómato feito de bronze, o cão que não ladrava e o dardo que nunca errava o alvo.

Europa, nos signos do Zodíaco, a quem Zeus lhe concedeu honras divinas, convertida na constelação de Tauros

Europa, filha de um pai desesperado, que a procurou por toda a Grécia, por todos os lugares que hoje são a França, a Alemanha, a Itália…

E de tanto ser chamada por seu pai, que as gentes ao escutar o seu nome, decidiram chamar à terra onde era procurada, Europa.
Mitologia Greco – Romana

Noémia Maria Machado Lopes (Profª Bibliotecária)

1 comentários:

Maria Isabel disse...

É um fascínio, toda essa mitologia de tempos já tão antigos. Como gostava de uma tarde de quarta-feira recheada de histórias parecidas com a da "Europa". Fica o desafio, até porque com certeza haverá mais quem apaixonado se sinta por coisas da História.

Related Posts with Thumbnails