29 abril, 2011

Concurso Internacional de Poesia

Concours le BLEUET INTERNATIONAL | 2011
França



Vamos participar outra vez!
Segundo ano a concorrer, cinco alunos (as) dos concelhos de Anadia e Oliveira do Bairro enviaram para França, através da nossa Biblioteca Escolar, os poemas de sua inspiração:

Inês Oliveira, do 2º Ciclo - “Não me entendo” (“Je ne me comprends pas”) – EB Nº2 de Vilarinho do Bairro
Daniela Almeida, do 3º Ciclo - “É urgente agir” (Agir est urgent”) - E. Sec. de Anadia
Ana Ferreira, do 3º Ciclo - “Viver” (“Vivre”) - EB Nº2 de Vilarinho do Bairro
Hugo Luís, do Ensino Secundário -“Invisível” (Invisible”) – Colégio Frei Gil de Bustos
Inês Tavares, do 3º Ciclo - sem título –EB Nº 2 de Vilarinho do Bairro

É com muito orgulho que cumprimento estas nossas esperanças, na arte de bem escrever Poesia.

Le Club Jeune Bleuet

- Concurso de poesia para jovens dos 7 aos 18 anos
- Poesia com tema: “As Minas”; “A Água”; “O Ar”; “A Terra”; “O Mar”; “O Ambiente”
- Tema livre
- Poemas traduzidos em francês
- Diplomas de honra “Grand Prix du Bleuet – Jeunesse de l’ESPOIR 2011” para o 1º, 2º e 3º lugares
- Medalhas em ouro, prata e bronze ou troféus gravados com o nome de cada jovem poeta laureado.

Comissário Internacional: Alain Debarge – Essars (Pas-de-Calais), França
Comissário em Portugal : José Machado Lopes – Pampilhosa (Mealhada)
Tradutor: Bruno Miguel dos Santos


Noémia M. Lopes (Profª Bibliotecária)

04 abril, 2011

Semana da Leitura 2011

21 a 25 de Março



“Era uma vez uma árvore...” “Once there was a tree...” “Il était une fois un arbre...” ”Habia una vez un árbol...”

“que amava um menino.” “and she loved a little boy.” “qui aimat un petit garçon.” “que amaba a un pequeño niño.”

A Árvore Generosa, The Giving Tree, L’Arbre Génereux, El Árbol Generoso de Shel Silverstein

Assim começa este “comovente” livro escrito em 1964 por Shel Silverstein, escritor norte-americano, obra que serviu de tema aglutinador à Semana da Leitura deste ano. “A árvore Generosa” foi lida e trabalhada pelas turmas do 8º ano, em 4 línguas, recontada e ilustrada com o apoio do professor de Educação Visual, António Miranda, semente da Professora Isabel Simões (inglês), cultivada pelas professoras Ana Resende (francês), Margarida Valente (espanhol) e Florbela Lima (Português). Da inspiração de cada turma envolvida saiu obra, à espera de ser exposta, como se se tratasse de uma fita de celuloide. Homenagem à árvore, à floresta, à vida. Também cresceu a poesia, no mural dinamizado pela Professora de Ciências da Natureza, Gina Serafim, a cobrir a parede da entrada da Biblioteca. Os peixes nadaram no rio, as folhas brotaram nos ramos, as gotas tombaram da nuvem e algumas caíram no lago. Um hino à floresta e à água (nos seus dias - 21 e 22 de Março). Biblioleitura, coroa de glória da nossa escola em semana dedicada à leitura(as). Todas as turmas e todas as línguas envolvidas. 31 alunos chegaram à final, por serem os melhores: boa pronúncia, respeito pela pontuação, discurso claro e ritmado, articulação correcta das palavras, expressividade adequada. 18 obras seleccionadas, os excertos copiados, os júris constituídos. Professoras Anabela Santos, Benilde Santos, Ana Resende, Noémia Lopes, Gorete Ramos e Teresa Vasconcelos. Novidade no júri, alunos que tiveram uma das línguas estrangeiras como língua materna e uma aluna do 9º ano com bom aproveitamento a português: Tânia Lopes, Cecília Cadima, Daniel Pereira e Filipa Moreira, a avaliar os colegas.
3ª, 4ª e 6ª dedicadas ao concurso. A malha apertada pelos ouvidos atentos dos elementos do júri, só deixaram passar os melhores dos melhores: Inglês – Luís Santos, 7ºE; Francês - Carina Semedo, 9ºJ; Espanhol – Mauro Pereira, 8ºI; Português: Beatriz Cruz, 5ºH e Diogo Santos, 6ºJ.
5ª feira
, Escola do 1º Ciclo de Sangalhos. O mesmo concurso, o mesmo espírito, o mesmo empenho, desta vez com 12 alunos do 3º e 4º ano a participar e as obras por eles escolhidas, dos “Clássicos Portugueses Contados às Crianças” e publicadas pelo jornal “Sol”. A Professora da Escola Esmeralda Trindade, a Professora – Bibliotecária Noémia Lopes e a Funcionária Helena Almeida tiveram dificuldade em apontar os dois alunos que melhor leram e só o texto de desempate assim o ditou: Diogo Ferreira (3º ano) e Andreia Elias (4º ano).
Grande surpresa! O “Auto da Barca do Inferno” (adaptado para crianças) a ser ensaiado pelos alunos da Professora Isilda Bento. E viva a leitura, à qual o teatro também faz parte!
Na nossa Biblioteca também houve dramatizações de textos com alunos do 5ºH e 5ºG e sua professora de Português, Margarida Moura. A Inês Oliveira chegou mesmo a ler um poema escrito por si. Produziram-se marcadores e projectaram-se vídeos, sobre a “Árvore Generosa” de Shel Silverstein. Do fundo documental da nossa Biblioteca, fez-se uma exposição dedicada ao Ano Internacional das Florestas.

“E a árvore ficou feliz.”

Noémia M. Lopes (Profª - Bibliotecária)

01 abril, 2011

Concurso Nacional de Leitura | Fase Distrital – Sever do Vouga

18 de Março 2011



Situado no centro do país, a oriente do distrito de Aveiro, o concelho anfitrião da fase distrital do Concurso Nacional de Leitura deste ano, Sever do Vouga, recebeu os alunos participantes e os professores que os acompanharam, com um programa variado e muita simpatia. O nosso autocarro transportou os alunos das Escolas Básicas Nº2 de Vilarinho do Bairro, Anadia, Mealhada e Secundária de Anadia ao longo do rio Vouga num dia de autêntica Primavera. A Biblioteca Municipal, localizada no Parque Urbano, foi a organizadora do concurso e aí foram prestadas as provas escritas a partir das 10h. Doze perguntas de escolha múltipla, seis referentes a cada um do títulos seleccionados e uma pergunta de resposta aberta, corrigida apenas em caso de empate entre os concorrentes vencedores. O Agrupamento de Escolas de Sever do Vouga, sob a responsabilidade do professor Cláudio Queiroga, apresentou uma rigorosa performance de ginástica acrobática, enquanto decorria a fase escrita e ainda houve tempo para conhecer a Vila, realizando o “peddy paper” distribuido pelo secretariado do concurso, que fazia parte das ofertas que tão gentilmente nos foram feitas. Após o farto e saboroso almoço-buffet, servido num restaurante local, dirigimo-nos para o CAE - Centro das Artes do Espectáculo, onde decorreram as provas orais, com os finalistas apurados na fase escrita e nas duas modalidades: 3º Ciclo e Secundário. Fizeram parte do júri, o Historiador Prof. Doutor José Mattoso, a Docente Drª Ana Silveira e a Bibliotecária Drª Andreia Amorim. A apresentação dos concorrentes vencedores da prova escrita foi feita com a colaboração do Prof. Doutor Fernando Pinto do Amaral (Rede de Bibliotecas Escolares), Drª Vera Oliveira (Direcção Geral do Livro e das Bibliotecas) e Drª Rosário Tavares (Agrupamento de Escolas de Sever do Vouga). Ao longo da tarde decorreram as provas orais, que constaram de dois momentos: leitura expressiva de excertos das obras seleccionadas e questionário sobre a biobibliografia dos escritores portugueses – Alice Vieira (3º Ciclo) e José Luís Peixoto (Secundário); Expressão Criativa (3º Ciclo) e Expressão Crítica (Secundário). A Orquestra Juvenil da Banda União Musical Pessegueirense, sob a direcção do Prof. Alberto Ventura, apresentou vários momentos musicais, intervalando as provas orais, onde participaram doze alunos. Seis alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico e seis alunos do Ensino Secundário. A entrega de prémios foi realizada pelo Presidente da Câmara de Sever do Vouga, Dr. Manuel Soares e pelo Vereador, Dr. António Coutinho. Fazia ainda parte do programa a actuação da jazz band “Dixie Gringos” e a inauguração de uma Colectiva de Pintura e Escultura (IM)PERCEPÇÕES, às quais não pudemos assistir, devido ao compromisso de horário assumido com a empresa de transporte. As nossas alunas, como já é habitual, comportaram-se à altura de um evento desta natureza. Para elas vai o nosso muito obrigado.

Maria Francisca Santos
Sabrina Costa (em substituição de Joana Moniz)
Mariana Santos

Noémia M. Lopes (Profª - Bibliotecária)

Related Posts with Thumbnails