17 maio, 2008

Maio de 1968


Maio 68 (CRS-SS) I, 1968, Júlio Pomar

Voz

Escrevo Maio e digo rebelião.
Escrevo Maio e atiro pedras à velha sociedade que me reprime.
Escrevo Maio e trago para a rua um novo mundo que quero mais livre.
Escrevo Maio e uno a minha voz no grito estudantil nas fábricas que ocupei.
Escrevo Maio e abraço os dez milhões de protestos que abalaram o meu País.
Escrevo Maio e ameaço o poder instituído, na repressão que me destrói.
Escrevo Maio e não distingo etnias, culturas, idades ou classes.
Escrevo Maio….de 68 e vejo dentro de Paris uma França em movimento.
Escrevo Maio e transformei-me.
1968, mês de Maio… para não esquecer.
-
**
-
Maio de 2008, 40 anos após o protesto da população francesa, que foi considerado por alguns filósofos e historiadores, como o acontecimento revolucionário mais importante do séc. XX.


Caroline de Bendern, a “Marianne” do Maio de 68

Maio 68 na Internet:

Wikipédia
Dossier Jornal "Público"
Dossier JornalismoPortoNet

Dossier FundaçãoMárioSoares

Youtube:
"Reviver e pensar Maio de 68, 40 anos depois"
"La contestation"
"Intervention de Daniel Cohn Bendit"
"Photos de Paris en 68"
"Cannes Mai 68"

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails